Sugestões de Livros

Diário da Traça

Home ⇨ Diário da Traça
O Diário da Traça é uma espécie de Twitter privado da Traça - aqui postamos pequenas mensagens sobre o dia-a-dia da empresa, bibliotecas que compramos, novidades do mundo editorial e até alguns de nossos pequenos dramas profissionais.  Uma espécie de balcão de livraria, com aquela conversinha amistosa e simpática.
Exibindo itens de 2621 a 2640 de 2640
22/08/2017 18:24 por Rabujo
Aí vai, a pedidos, um link da Série Vaga-lume!

22/08/2017 18:16 por Francisco
Dia 22 de agosto de 1911, a Mona Lisa, ou Gioconda, foi roubada do Museu do Louvre, um fato realmente extraordinário considerando o valor histórico e humano da obra. O governo francês fez vários suspeitos, incluindo Guillaume Apollinaire, poeta francês e o pintor espanhol Pablo Picasso, que responderam a várias interrogações. Porém posteriormente, a pintura foi encontrada na Itália(!), e o verdadeiro ladrão era um funcionário do Louvre chamado Vincenzo Peruggia.
Mas essa não foi o único atentado da Mona, em 1956, um psicopata jogou ácido sobre a obra, danificando parte inferior da obra, o processo de restauração foi demorado e complicado. No mesmo ano, um boliviano jogou uma pedra contra a obra, estragando parte da sombra no olho esquerdo da musa de Da Vinci, sombra esta que é comumente confundida com uma sobrancelha, mas ela não tem sobrancelhas(!). Em 2 de agosto de 2009, o mais light dos atentados, uma mulher russa jogou uma xícara vazia de café contra o quadro. A pintura não foi danificada, pois a xícara quebrou-se na proteção de vidro à prova de balas que existe antes do painel. Segundo as autoridades, a mulher só fez isso porque estava indignada após não conseguir a cidadania francesa e a mulher russa foi presa imediatamente.
Mona Lisa, by Leonardo da Vinci, from C2RMF retouched.jpg

22/08/2017 18:14 por Luiza V

Hoje, dia 22 de agosto é dia do Folclore!

Muito comemorado nas escolas e centros culturais em todo o país a data tem como objetivo estudar e celebrar a riqueza doa tradição e do conhecimento do povo brasileiro.

Por isso destacamos aqui nossos diversos exemplares dos mais clássicos contos e personagens folclóricos: Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Curupira, Boto, Boitatá, etc.

De boca em boca esses célebres personagens moldaram as mentes infantis dos brasileiros por gerações e agora podem ser vistas belamente ilustradas em todo o site da traça.


21/08/2017 17:29 por Felipe

Hoje o ciclo Fronteiras do Pensamento recebe o escritor cubano Leonardo Padura. Romancista, ensaísta e jornalista, é considerado um dos melhores autores de Cuba, escrevendo roteiros para o cinema e atuando por 15 anos na área do jornalismo investigativo.

Leonardo Padura acredita que o gênero policial permite abordar os maiores problemas da sociedade, como corrupção, repressão, erosão ideológica e pobreza. Pelo conjunto de sua obra, recebeu o Prêmio Princesa das Astúrias das Letras e o Prêmio Nacional de Literatura de Cuba.

Fonte: http://www.fronteiras.com/portoalegre/conferencia/leonardo-padura


21/08/2017 14:30 por Eliana
Como leitora, agora nem tão voraz, de romances policiais, recebo algumas newsletters das editoras sobre as novidades, quase um "Clube do Crime".

Esta semana, chegou novidades sobre a Trilogia Millennium, do escritor sueco Stieg Larsson e agora continuada em seu quinto volume por David Lagercrantz, intitulado "O homem que buscava sua sombra" já em pré-venda.

Enquanto o novo livro não chega, aproveite e conheça os outros quatro títulos aqui no acervo da Traça. Aliás, David Lagercrantz é um dos autores confirmados para a nossa querida Feira do Livro, em novembro.


18/08/2017 10:07 por Francisco
Dia 17 de agosto de 1945, há 72 anos foi publicado pela primeira vez a grandiosa obra A Revolução dos Bichos (Animal Farm na língua origial) de George Orwell. O livro narra uma sátira história de corrupção e traição, usando as figuras de animais para retratar as fraquezas humanas e ir contra o "paraíso comunista" proposto pela Rússia na época de Stalin. É uma literatura fantástica que vale muito a pena.

Obs: Esse título é um dos 10 livros mais vendidos da estante virtual no mes de Julho deste ano.

16/08/2017 18:10 por Luiza V
40 anos sem Elvis, mas ouvindo diariamente seus pupilos e fãs.

Elvis, o artista mais vendido de todos os tempos, há exatos 40 anos nos faz questionar se é possível um ídolo de tais proporções verdadeiramente morrer.
Encontrado aos 42 anos inconsciente após um ataque cardíaco em sua mansão, o mundo perdeu seu primeiro e eterno ídolo do rock'n'roll.
Há gerações reconhecido imediatamente pelo seu primeiro nome apenas, Elvis merece ter sua biografia lida e relida. Conhecer mais sobre a suas juventude e origens é certamente inspirador e nos faz compreender a cena atual da música popular americana.

16/08/2017 17:14 por Rabujo
Dos jornais de hoje: Soldados indianos e chineses atiraram pedras uns contra os outros em área de fronteira.

Albert Einstein: Não sei com que armas a III Guerra Mundial será lutada. Mas a IV Guerra Mundial será lutada com paus e pedras.

Pois é, estamos chegando lá...

15/08/2017 11:37 por Eliana
Série Vaga-lume

Hoje passou pelo cadastro vários exemplares de uma das séries mais antigas e interessantes para o público infanto-juvenil, a Série Vaga-Lume.

Lançada entre 1972 e 1973, pela editora Ática com um objetivo: oferecer literatura de qualidade para o público juvenil e, assim, promover o gosto pela leitura, principalmente para aquelas crianças e jovens que buscam aventuras literárias, sendo muito adotada como leitura nas escolas de ensino fundamental.

Até 2013, a coleção tinha um total de 91 obras, divididas na série Vaga-lume, com 69 livros, e a Vaga-lume Jr., com 22. Dentre as obras do primeiro grupo, as mais vendidas são A Ilha PerdidaO Escaravelho do DiaboAçúcar AmargoDeu a Louca no Tempo e A Turma da Rua Quinze.

Clica na série e confere os títulos disponíveis no acervo da Traça.

Fonte: Wikipédia.


11/08/2017 17:37 por Eliana
Nesta sexta-feira é o  Dia do Advogado, celebrado em 11 de agosto em homenagem a criação dos dois primeiros cursos de Direito no Brasil, em 1827 na  Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo e na Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco, criadas por D. Pedro I.

Além das tradicionais obras jurídicas, temos no acervo obras ficcionais, entre elas os clássicos de John Grisham (o Advogado, O juri, A testemunha e etc.) e outras obras relacionadas com a profissão como a série "Cartas para um jovem".

Clica no links e confira!


10/08/2017 08:53 por Felipe

Nascia hoje um dos maiores escritores da nossa literatura, Jorge Amado. Filho do fazendeiro de cacau João Amado de Faria e de Eulália Leal Amado e natural do distrito de Ferradas, município de Itabuna, sul do Estado da Bahia.


Formou-se pela Faculdade Nacional de Direito, no Rio de Janeiro, em 1935 e militou na política durante décadas, até afastar-se em 1955. Dedicou-se, a partir de então, inteiramente à literatura. Foi eleito, em 6 de abril de 1961, para a cadeira de número 23, da Academia Brasileira de Letras, que tem por patrono José de Alencar e por primeiro ocupante Machado de Assis.


A obra literária de Jorge Amado conheceu inúmeras adaptações para cinema, teatro e televisão. Seus livros foram traduzidos para 49 idiomas, existindo também exemplares em braile e em formato de audiolivro.


Sua obra mereceu diversos prêmios nacionais e internacionais, além de receber títulos de Comendador e de Grande Oficial da Venezuela, França, Espanha, Portugal, Chile e Argentina e ter sido feito Doutor Honoris Causa em 10 universidades, no Brasil, na Itália, na França, em Portugal e em Israel.


Jorge Amado morreu em Salvador, no dia 6 de agosto de 2001. Foi cremado conforme seu desejo, e suas cinzas foram enterradas no jardim de sua residência na Rua Alagoinhas, no dia em que completaria 89 anos.


Leia e conheça sua vasta obra Jorge Amado


Fonte: http://www.jorgeamado.org.br


09/08/2017 16:54 por Eliana

Debret e o Brasil: Obra completa (1816 - 1831)

Esta é uma edição revista e ampliada do mais bem sucedido livro de arte brasileira do século XIX. Trata-se do primeiro catálogo raisonné da monumental obra realizada no país pelo francês Jean-Baptiste Debret, o mais famoso artista estrangeiro a pintar o Brasil.

Com 720 páginas e mais de 1.300 imagens, este volume ilustra a totalidade dos trabalhos do artista, fruto de uma longa pesquisa.

As centenas de óleos, aquarelas, desenhos e gravuras, produzidas por Debret nos quinze anos passados no Brasil (1816– 1831), estão distribuídas por museus e coleções particulares no país e no exterior.

Este acervo fundamental para a cultura brasileira foi todo reunido neste volume, para permitir uma visão completa da obra do pintor que “inaugura entre nós a história da vida privada em imagens” na feliz expressão de José Murilo de Carvalho, autor do prefácio.


Fonte: http://www.editoracapivara.com.br/livros/debret-e-o-brasil-obra-completa/

Exibindo itens de 2621 a 2640 de 2640
Loja da Osvaldo Aranha
Horário de Atendimento:
Segunda a sexta: das 9h30min às 19h
Sábado: das 10h às 18h
Não fechamos ao meio dia
Telefone Loja: (51) 3311-0044
Av. Osvaldo Aranha, 966 - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90035-191

ATENÇÃO!
Nossa loja mantém menos de 10% do acervo total da Traça.
Aceitamos para vendas online:
Central de Atendimento
(51) 3232-8404
CNPJ: 94.529.542/0001-08